domingo, 8 de novembro de 2015

Gratidão

Tem dias que as palavras fluem,  a caneta parece que escreve só, leve,  rápida, ligeira e carregadas de verdades expressas em linhas retas, de caneta Bic azul... Mas nesse momento queria expôr minha gratidão à Deus de joelhos por experimentar de Seu imenso amor estampado no amor daquele ser que até pouco tempo era desconhecido e hoje se tornou indispensável. Isso é milagre que faz o amor verdadeiro: faz do desconhecido um irmão, um amigo,  um amor, faz do outro família! É de coração que agradeço a Deus por tanta generosidade de visitar minha vida com o seu amor. Parabéns a vc também que assim como eu que luta pra ser presença amorosa nesse mundo! 6a
(Bebel Tavernard)

Nenhum comentário:

Postar um comentário