terça-feira, 6 de dezembro de 2011


NATAL,
GESTO DE AMOR DO PAI

O místico e o humano deram-se as mãos ao nascer o Menino Deus pelo sim e pelo ventre miraculoso da doce Virgem Maria.
Tudo isso não aconteceu por mágica, o nascimento de Deus através da linda jovem núbil, realiza-se num simples gesto de amor verdadeiro de um Deus que olhou para todas as mulheres e escolheu a mais pura de suas criaturas, depósito “cheio de graças” (conf. Lc.1,28) para ser Mãe de seu Filho Unigênito, Emanuel – Deus Conosco; por conseqüência, nossa Mãe!
O sim dela, fez daquele Natal, a oportunidade de morada de Deus eternamente aqui. Cabe agora a cada ser humano, abrir as portas ao Menino Redentor e assim, o Natal do Senhor não será mais um evento anual, mas, um evento diário em nossos corações.
Daí, a sede que temos de Deus, do Deus vivo, será saciada e os frutos de amor, paz, prosperidade, bênçãos, felicidade, esperança, unidade, harmonia... Não será somente um lindo sonho de noite de Natal e sim, uma viva e bela realidade a ser degustada a cada dia dos anos vindouros. Basta crer, basta O acolher! E a Redenção tão esperada, fica aqui, disponível e aberta a todos aqueles que queiram abraçá-la! Só resta agora desejar: Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!
Ergo Natus Esset Iesu!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário